6 Dicas salvadoras para amamentar seu bebê

Por Moema dos Reis

Que amamentar é super importante, que cria um vínculo único entre mãe filho, que passa os nutrientes necessários, além da defesa para o seu bebê, todo mundo sabe. Mas, quando é pra valer, podem surgir várias dúvidas e dificuldades e estou aqui para tentar te ajudar com algumas dicas.

Foto: Viviane Lopes
Foto: Viviane Lopes

Uma das minhas dicas fundamentais é: tenha o primeiro contato assim que o bebê nascer.

Assim que nasce, salvo exceções por problemas de saúde, o bebê deve ser colocado em contato com a mama da mãe. Essa sensação começa a revolucionar o seu (antigo) mundo. Afinal de contas, até o nascimento do primeiro filho, você nunca amamentou ninguém, portanto é normal que isso cause uma certa estranheza no primeiro momento.

Geralmente, existem profissionais treinadas nas maternidades para incentivar e auxiliar na amamentação. Mas e depois da alta? Aí é entre vocês dois (ou três, ou quatro…). Ter que prover o alimento de um pequeno ser humano é muita responsabilidade e pode ser complicado. A mãe, sem saber exatamente como funciona a amamentação, pode ter muitas dúvidas: será que ele está mamando o suficiente? Será que a pega está correta? De quanto em quanto tempo devo oferecer a mama? Uma de cada vez ou as duas todas as mamadas?

Bom, vamos lá! Respira, que eu te ajudo 😉

Dica número 1

Tente se informar sobre a pega correta. Ela é fundamental e, caso não esteja adequada, causa lesões e muita dor ao amamentar, algo que não queremos. Não precisa sofrer, esse momento deve ser gostoso. Juro que isso é possível. Eu levei 40 dias para começar a curtir devido a complicações exatamente relacionadas à pega.

Dica número 2

Beba muito líquido! Muito mesmo. Se achar que está bebendo o bastante, beba mais. Água, sucos, água de coco. Evite refrigerantes e tudo o que contiver cafeína ou gás. A cafeína não é bem metabolizada pelo bebê, podendo causar agitação. Gás pode provocar desconforto abdominal.

Dica número 3

Tente descansar. Eu sei que é difícil, quase impossível para quem fica sozinha com o bebê e precisa cuidar de várias tarefas domésticas, além de dormir, comer, ir ao banheiro e tomar banho. Mas, se tiver oportunidade, durma, seja a hora que for.

Dica número 4

Peça ajuda. Se você está enfrentando dificuldades, procure um banco de leite, amigas do peito, um profissional treinado – doula, enfermeiro(a)/técnico(a) de enfermagem, médico(a), nutricionista ou mesmo amigas que já tem filhos.

Dica número 5

Amamente em livre demanda. Quanto mais amamentar, maior o estímulo para aumentar a produção de leite. Sim, você vai ganhar um plug mamário…rs.

Dica número 6

Não desista frente à primeira dificuldade. Amamentar nem sempre é fácil e natural, mas é muito recompensador. É possível complementar a amamentação, caso necessário. Consulte o pediatra. Se ele não te ajudar, procure outro.

Gostaram das dicas? Conte suas experiências e dicas nos comentários. Nós queremos saber. ❤

Anúncios

Um comentário em “6 Dicas salvadoras para amamentar seu bebê

Deixe o seu tempero ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s