#SemanaVerde: as 3 perguntas-chave sobre orgânicos

Por Clarissa Godoy

Vamos passar por três perguntas que costumam gerar muitas dúvidas quando falo sobre orgânicos:

Foto: Clarissa Godoy
Foto: Clarissa Godoy

1) O que são produtos orgânicos?

Parece algo óbvio, mas ainda tem gente com esta dúvida. Num mundo onde diet, light, sem glúten, sem lactose dominam, o conceito de “orgânico” é confundido com muita frequência. Por exemplo, um produto orgânico pode ser tanto de origem animal quanto vegetal.

O que seria isso? Os vegetais orgânicos são aqueles que, do plantio até a colheita, não recebem produtos químicos (agrotóxicos, pesticidas e adubos químicos) ou hormônios sintéticos que favoreçam seu crescimento. No caso dos animais, sua criação é feita sem o uso de hormônios de crescimento, anabolizantes e antibióticos.

2) Por que evitar produtos convencionais?

Já está mais que comprovada à associação dos agrotóxicos com aumento do risco de câncer, depressão, distúrbios alimentares, transtorno do pânico e anomalias físicas. A incidência de câncer em áreas de lavoura com cultivo tradicional é 38% maior do que naquelas em que não há lavouras desse tipo. Claro que o câncer é multifatorial, mas os agrotóxicos entram como um dos principais fatores de risco!

É assustador pensar que já se detectou agrotóxicos no leite materno! O primeiro alimento para o bebê. E mais assustador ainda é pensar que estes venenos não são eliminados pelo organismo, ficando retidos em nosso tecido adiposo (nossa gordura corporal). Você pode imaginar o efeito cumulativo dos agrotóxicos no corpo de um adulto que desde o aleitamento materno esteve armazenando esse tipo de substância? Imagine o efeito disso à longo prazo.

3) Por que não deixar de consumir legumes, verduras e frutas?

“Putz, Clarissa, mas orgânicos são difíceis de encontrar e, além disso, são caros demais! Melhor então diminuir o consumo de verduras, legumes e frutas e ficar mais nos industrializados, né?”

Se você pensa que evitando legumes, verduras e frutas estará mais protegido, está enganado. Por exemplo, o pão que comemos é feito com farinha de trigo, e este, por sua vez, é um vegetal que pode também receber agrotóxicos durante seu cultivo. Ou seja, consumir mais industrializados é uma péssima ideia, não só pelo fato de terem toneladas de agrotóxicos, mas por serem produtos com qualidade nutricional inferior.

A maior parte da população tem sua cozinha abastecida principalmente com produtos industrializados e, você pode ter certeza que o fato delas não consumirem verduras, legumes e frutas, mesmo com agrotóxicos, aumenta ainda mais o risco de doenças crônicas, como obesidade, pressão alta, diabetes e câncer.

“Nossa, então o que fazer? Parece não ter saída, certo?”

Calma, sem radicalismo! É importante ter esse conhecimento e agir por partes. Se você não consome verduras, legumes e frutas diariamente, mude isso o mais rápido possível! E se já tem este hábito, maravilha! Que tal dar um segundo passo e ingressar no mundo dos orgânicos?

No meu próximo post teremos dicas preciosas para ingressar neste mundo!

Deixe sua opinião e experiências aqui nos comentários. Use também a #semanaverde nas redes sociais para a gente acompanhar as suas ações para um mundo mais verde. 😉

Anúncios

Deixe o seu tempero ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s